sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Vida é uma só

Sempre haverá uma consciência
Ativa, atenta, séria, sábia talvez
A qual moldará nossa existência
De forma a mantermos a lucidez.

E o mundo colocará cadeados
Impondo-nos certa resignação
E ruídos confusos pelos lados
Algo muito além da imaginação.

Mas são leis supremas da vida
Sem as quais perde o sentido
O prantear no adeus da partida.

Pois ainda que viver seja doído
E seja dura essa vida só de ida
Sempre valerá a pena ter vivido.

Um comentário:

  1. Se vale, amigo Jair!
    Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir