domingo, 5 de abril de 2015

Coelho da páscoa


Com ornitorrincos me confundem
Ovos são eles que costumam por
Então pelo amor de deus, mudem
Logo esse preconceito, por favor.

Hoje não posso ouvir: chocolate!
O meu pêlo todo até se arrepia
Dói, e uma total tristeza me bate
Adoeço ao ouvir falar desse dia.

Páscoa, eu nada tenho com isso
Ávido chocolateiro me dá trabalho
Só que não tenho compromisso.

Comendo ovos como um atalho
O chocolate é produto de feitiço
Ao que gosta, gosta prá caralho.

2 comentários:

  1. Oi Jair,
    Coelhinho é apenas um símbolo da Páscoa.
    Eu defino a Páscoa quando Jesus nos abandonou, subiu aos seus nos deixando num mundo de tigres carniceiros
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Jair,

    Levas jeito para o humor, muito divertido o soneto.
    Feliz Páscoa. Cristo vive!

    abraço
    Marcos

    ResponderExcluir