sábado, 21 de fevereiro de 2015

Acróstico

Seja um texto denso ou algo leve
Encontro de palavras e o escritor
Acontece do modo como se deve
Palavra é ferramenta desse autor.

Rápido o termo ou bastante lento
Ocluso, implícito ou subentendido
Vai consubstanciando pensamento
Em cada linha do texto pretendido.

Inventam os poetas uso inusitado
Tentando sempre nova conotação
Antes um vocábulo meio renegado
Novamente alcança consagração.

Dentro da nossa imensa literatura
Os vocábulos somente vão e vêm
De modo que o vernáculo perdura
Apesar dessa variedade que tem.

Se depender do escritor ou poeta
Palavras então vivas continuarão
Assim, estabelecida está a meta
Lidas e escritas as palavras o são.

Antes cada palavra era eloquente
Vendendo pois seu peixe apenas
Resulta que um uso mais quente
Apresentou vocábulo à nova cena
Sugerindo dizer mais o que sente.

Um comentário:

  1. Perfeito, Jair!
    Ai as palavras! Elas são a nossa oficina!
    Bjo :)

    ResponderExcluir