sexta-feira, 18 de abril de 2014

Voltando à Macondo


Retorna de uma vez para Macondo
Aquele que a criou e aos Buendia
A vida terrena acabou transpondo
E foi morar onde justamente devia.

De palavras oblíquas fez literatura
E nova realidade acabou propondo
Sua criação para sempre perdura
E veio como cometa num estrondo.

Garcia Marquez era um gigante
De envergadura mui avantajada
E equipamento cerebral brilhante
Que deixou nas letras sua pegada.

Vai, descansa autor tão elegante
Macondo é o fim da sua jornada.

2 comentários:

  1. Mais um gênio pegou o "trem das sete".

    ResponderExcluir
  2. Justa homenagem, meu poeta, ao monumental escritor colombiano.
    Um abração. Tenhas um ótimo feriadão.

    ResponderExcluir