sábado, 25 de julho de 2015

Dia do escritor 25/07


Ouvi portanto, ó mundo expectante!
Das palavras toda sabedoria emana
Infenso ao apedeuta e ao ignorante
Ao trevoso, escritor dá uma banana.

Deixem os sete pilares da sapiência
Obliterar as trevas que tolhem a vida
Escritores com vontade e consciência
Saciam do saber a penúria incontida.

Cada livro é uma janela escancarada
Revelando lá fora uma paisagem nova
Infeliz do homem que daí não tira nada.

Todo escritor, contudo, algo ele prova
O mais das vezes indica ali é a estrada
Resume o existir até o fim, até a cova.

3 comentários:

  1. Querido amigo, Jair, grande escritor. Parabéns pelo seu dia.
    Sua homenagem ao escritor nos deixa a reflexão de quanto os livros nos fazem bem à alma e ao físico em consequência. " O livro nos faz viajar" , clichê....por tanto ele nos leva a mundos diferentes, nos mostra amores, paixões, guerras, felicidade enfim tudo que quisermos, encontramos nas páginas de uma obra feita por um escritor.O livro nos enriquece em todos os sentidos, infeliz que não sabe ler a vida nas páginas de um bom livro. Grande abraço! Sucesso sempre!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Gostei demais do acróstico,Jair.

    Lindo demais seu poetar.

    Obrigada pela visita e inteligente comentário!

    Volte sempre.

    Ótimo final de semana


    Beijos

    Donetzka

    ResponderExcluir
  3. Caro amigo poeta e escritor Jair. Parabéns pelo teu dia. Um abração. Tenhas um belo domingo.

    ResponderExcluir